Subida do Monte Carmelo ou Monte de Perfeição, por São João da Cruz

[No sopé do Monte]

Os versículos seguintes explicam o modo de subir pela senda do Monte de Perfeição e alertam para não ir pelos dois caminhos sinuosos.

Para vir a saborear TUDO – não queiras ter gosto em NADA.
Para vir a saber TUDO – não queiras saber algo em NADA.
Para vir a possuir TUDO – não queiras possuir algo em NADA.
Para vir a ser TUDO – não queiras ser algo em NADA.
Para vir ao que não GOSTAS – hás de ir por onde não GOSTAS.
Para vir ao que não SABES – hás de ir por onde não SABES.
Para vir a possuir o que não POSSUIS – hás de ir por onde não POSSUIS.
Para chegar ao que não ÉS – hás de ir por onde não ÉS.
Quando reparas em algo – deixa de arrogar-te ao todo.
Para vir de todo ao todo – hás de deixar-te de todo em tudo.
E quando venhas de todo a ter – hás de tê-lo sem nada querer.
Nesta desnudez encontra o espírito o seu descanso, pois nada cobiçando, nada o impele para cima e nada o oprime para baixo, porque está no centro da sua humildade.

[As três sendas do Monte, da esquerda para a direita]

Caminho de Espírito de Imperfeição: Do céu – nem isso; glória – nem isso; gozo – nem isso; saber – nem isso; consolo – nem isso; descanso – nem isso. Quanto mais os desejei ter, com tanto menos me encontrei.

Senda do Monte Carmelo – Espírito de perfeição: nada, nada, nada, nada, nada, nada e ainda no Monte nada.

Caminho do Espírito de Imperfeição: Da terra – nem isso; possuir – nem isso; gozo – nem isso; saber – nem isso; consolo – nem isso; descanso – nem isso. Quanto mais quis buscá-los, com tanto menos me encontrei.

[No cume do Monte, da esquerda para a direita, segundo os diversos planos]

Quando já não o queria, tenho tudo sem querer (cf. 2Cor 6,10)
Quando menos o queria, tenho tudo sem querer – Paz – Gozo – Alegria – Deleite – Sabedoria – Justiça – Fortaleza – Caridade – Piedade.
Nada me dá glória – Nada me dá pena.
Já não há caminho por aqui, porque para o justo não há lei; ele é lei para si mesmo (cf. 1Tm 1,9; Rm 2,14)
Eu vos introduzi na terra do Carmelo, para que comêsseis o seu fruto e o melhor dela (Jr 2,7).

Só mora neste monte – honra e glória de Deus.

Fonte: São João da Cruz. Obras Completas, 7ª edição. Petrópolis: Vozes, 2012.